Ajuda
desconto

home > ingredientes > queijo-grana-padano

Queijo Grana Padano

Sobre o grana padano

Italianíssimo, gostoso e derrete que é uma beleza. Tem como um queijo ser melhor? A origem do grana padano ajuda a explicar porque ele é tão especial. Típico da Planície Padana, ele é produzido com leite de vacas criadas localmente, e tem cura longa (de pelo menos um ano), o que ajuda a garantir o seu sabor único.

Ele pode ser saboreado de diferentes maneiras. Tanto em fatias, como antepasto ou numa tábua de frios, ou ainda ralado emprestar seu sabor a outros preparos.

Qual a diferença entre queijo parmesão e grana padano?

A confusão é bem comum, mas simples de esclarecer. Ambos os queijos são do chamado tipo “grana”. Aliás, Parmigiano Reggiano e Grana Padano são marcas registradas, com regras específicas de produção e controle rigoroso – o que permite a obtenção e manutenção do selo DOP (Denominação de Origem Protegida).

No entanto, isso não quer dizer que os queijos sejam iguais. Apesar de várias características semelhantes, alguns fatores influenciam no resultado final, como a zona de produção, tempo de maturação, clima, raça da vaca, entre outros.

• O Parmigiano Reggiano é produzido uma única vez por dia, já o Grana Padano pode ser produzido duas vezes por dia, com o leite das duas ordenhas diárias. E isso altera o teor de gordura do leite.

• Em relação ao leite, o Grana Padano é produzido com leite integral enquanto o Parmigiano Reggiano é feito usando leite parcialmente desnatado.

Como consumir o queijo grana padano?

Boa notícia para os amantes desse queijo: além de ser uma delícia purinho, é perfeito para usar em massas, risotos e gratinados, pois derrete muito bem!

Conheça clássicos para experimentar com o queijo

Em saladas: use as saborosas lascas deste queijo para dar um sabor extra a saladas e legumes.

Macarrão com Grana Padano: seja penne, espaguete ou fettuccine, ele deixa qualquer massa mais incrível.

Nhoque de mandioquinha: sua receitinha ganha mais pontos positivos usando esse queijo.

Pastel de Grana Padano: sabe aquele pastel com recheio beeeem cremoso? Aposte nessa variedade.

Pão de queijo de Grana Padano: o pão de queijo pode ficar ainda mais saboroso usando um queijo especial.

Risoto cremoso: essa é forma simples de inovar no preparo dos seus risotos favoritos.

Arroz gratinado: eis uma boa dica pra fazer um arroz super especial. É usar generosamente o queijo no preparo.

Como armazenar o queijo

A primeira regra é que o grana padano precisa ser armazenado em contato com o ar.

Em lugares mais frescos, ele pode ficar fora da geladeira, à temperatura ambiente, pois apresenta baixo teor de umidade na massa.

Já em climas mais quentes, como na maior parte do Brasil, os queijos secos e maturados não podem ser mantidos sem refrigeração. Uma boa dica, para não perder o sabor nem textura, é embrulhar os pedaços de grana padano em um papel toalha absorvente e depois envolver com plástico filme. Aí é só guardá-lo em um recipiente com tampa e consumi-los nos próximos 2 ou 3 meses.



O que é que o queijo grana padano tem?


Boa fonte de proteínas

Fortalece os ossos e dentes

Ajuda a fortalecer o sistema imunológico



Não deixe de provar!