Ajuda
desconto

home > ingredientes > mandioca

Mandioca

Origem da mandioca

Mandioca, macaxeira, aipim, maniva, pão-de-pobre… Chame como preferir, dependendo da sua região, mas a unanimidade é que a origem desse alimento é brasileiríssima.

Resumindo a história, a mandioca é uma raiz tuberosa nativa da América do Sul, que sempre brilhou na culinária dos povos originários e continua sendo um ingrediente importantíssimo até hoje.

Em termos nutricionais, é um alimento rico em substâncias importantes como potássio, fibras, vitamina C, e resveratrol. Quando o assunto é paladar, faz bonito também! Tem um sabor neutro e bem suave e por isso vai super bem em preparos doces e salgados. A textura é macia graças ao amido, e por isso ela ajuda a deixar diversos pratos bem cremosos.

Quais são os benefícios da mandioca?

Além de ser uma aliada de quem não pode consumir glúten, a mandioca tem um montão de pontos positivos pra sua saúde:

• Ajuda no bom funcionamento do intestino por conta das fibras;

• Suas propriedades antioxidantes ajudam a prevenir doenças, incluindo alguns tipos de câncer;

• Fortalece o cabelo e também contribui para a saúde dos olhos;

• Proporciona alívio para sintomas de artrite;

• Previne a anemia e ajuda no controle do colesterol;

• Tem ação anti-inflamatória e antioxidante;

• Bom para praticantes de atividades físicas por ser uma ótima fonte de energia.

Não é pouca coisa, né? Ou seja, motivos não faltam pra incluir mais mandioca no seu cardápio.

Curiosidade: nomes da mandioca

Assim como outros alimentos bem típicos da cultura indígena, a mandioca tem história pra contar. Diz a lenda que ela tem origem na morte precoce de Mani, neta do líder de uma tribo, que foi enterrada na oca onde morava. Após passar um tempo, nasceu uma planta no lugar onde o corpo foi enterrado. Ao observar a raiz branca, os índios deram a ela o nome de Manioca, e, para a planta, o nome de Maniva.

Além dos nomes que nasceram com a lenda, ela também atende por outras alcunhas. Macaxeira, castelinha, uaipi, maniveira e aipim são alguns dos mais comuns, mas há ainda o apelido de “pão da terra”, conferido pelo padre José Anchieta.

Como cozinhar?

Antes de mais nada, vale lembrar que ela não pode ser consumida crua, pois contém ácido cianídrico, que é tóxico pro nosso organismo, certo?

Quer saber como se cozinha mandioca? A boa notícia é que fazer aquela mandioca cozida e bem macia é super fácil. Depois de descascada, corte e leve para a panela de pressão por cerca de 45 minutos. Aí é só servir com uma proteína ensopada ou o seu molho favorito.

Chips, farinha, sagu, fécula, tapioca e polvilhos doce e azedo – dá pra consumir de várias maneiras sem enjoar. E pra deixar a vida mais fácil, a Liv Up te entrega mandioca descascada e cortadinha. Ela chega na sua casa já higienizada, pra você ter mais praticidade na hora de preparar.



O que é que a mandioca tem?


Fortalece o sistema imunológico

Ajuda a melhorar o humor

Faz bem para a pele


Porção de 100g Total VD*
valor energético 35,0 kcal 1,8 %
carboidratos 6,4 g 2,1 %
proteínas 3,3 g 4,5 %
gorduras totais 0,4 g 0,8 %
gorduras saturada 0,0 g 0,1 %
gorduras trans 0,0 g ** %
fibra alimentar 2,4 g 9,6 %
sódio 18,0 mg 0,8 %

Valores diários de referência com base em uma dieta de 2000 kcal ou 8400J. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. (**) VD não estabelecido. (***) Informação Não Disponível no momento



Não deixe de provar!