Black Friday Comida Congelada | Liv Up Comida Congelada
Ajuda

Como funciona a Liv Up?

Monte seu cardápio

com nossos pratos, kits ou porções individuais

Receba seu pedido

em casa ou no trabalho, no dia e período que achar melhor.

Prepare suas refeições

aquecendo em seu micro-ondas ou em banho maria.

Aproveite seu tempo

fazendo o que mais gosta e se preocupando menos

Black Friday é um evento anual de origem norte-americana que corresponde a uma série de descontos (chegam a 80%, em média), atribuído em diversas lojas e diferentes tipos de produtos. Tradicionalmente, acontece na última sexta-feira de novembro, tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil. Muitos aproveitam a ocasião para comprar presentes de natal. É comum que produtos mais populares e com potencial de venda entrem na Black Friday, é por isso que a comida congelada está entrando nesse grande evento de compras, graças à sua expansão e por ser uma tendência.

O mercado de comida congelada, apesar de estar fazendo bastante sucesso atualmente, não é um segmento novo. No ano de 1924, um inventor norte-americano chamado Clarence Birdseye criou o primeiro sistema de congelamento rápido de alimentos. O pontapé inicial foi à observação de que os peixes congelavam assim que entravam em contato com o ar gelado, por causa da diferença de temperatura.

Assim, ao desenvolver um processo, Birdseye começou a comercializar os alimentos, criando a primeira empresa de comida congelada. A companhia cresceu e, graças à boa aceitação do público, na década de 40, já congelava todos os tipos de alimentos. Inclusive, foi essa mesma empresa a lançar os primeiros alimentos congelados pré-cozidos, que tornavam a preparação ainda mais rápida.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o empreendimento de Birdseye atingiu o ápice do sucesso. Com os homens no campo de batalha, as mulheres foram para o mercado de trabalho e não tinham mais tempo para se dedicar completamente às tarefas domésticas. Sendo assim, a comida congelada se tornou uma opção mais prática para garantir a alimentação da família.

No Brasil, o segmento vem apresentando um crescimento expressivo: para se ter ideia, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), entre os anos de 2009 e 2014, essa indústria cresceu 120% e o seu faturamento passou de R$ 5,1 bilhões para R$ 11,3 bilhões. Atualmente, a média de crescimento é de 30% ao ano.

E isso só acontece porque a demanda por esse tipo de produto também vem aumentando. Os consumidores brasileiros estão apostando nos alimentos congelados por diversas razões, primeiro, pela própria praticidade que eles oferecem no dia a dia. Além disso, o preço muitas vezes compensa mais do que adquirir os ingredientes separadamente para cozinhar um prato.

Outro fator importante é que muitas empresas estão investindo na produção de alimentos saudáveis em versão congelada. Com a crescente busca pelo emagrecimento e por uma vida mais saudável, esse segmento mais específico também está em expansão.

E mesmo aqueles que não investem em comidas propriamente consideradas saudáveis, há uma preocupação em reduzir a quantidade de sódio e conservantes. O mercado consumidor, de modo geral, tem se preocupado mais com o que leva para casa e entendido que a saúde e a qualidade de vida estão diretamente associadas à alimentação.

Comparando com os Estados Unidos e com países europeus, a cultura do consumo de alimentos congelados no Brasil é bastante recente, mas já atingiu proporções consideráveis, vide os números descritos acima.

Minha sacola


Clique em "adicionar" para
adicionar produtos na sua sacola :)